Suécia: Melodifestivalen introduz mudanças no sistema de votação


Vão ser aplicadas mudanças no sistema de votação do Melodifestivalen 2018, com o público a ter maior poder de decisão na escolha do próximo representante da Suécia na Eurovisão.

Sveriges Television (SVT) vai aplicar novas mudanças no sistema de votação da sua seletiva nacional, o Melodifestivalen. Depois de algumas sucessivas contestações por parte do público, a televisão estatal sueca pretende atribuir mais importância ao televoto já nesta próxima edição.

"Quando decidimos aumentar o número de participantes da grande final para 12, a voz do público ficou mais dispersa. Por outro lado, os votos do júri internacional são atribuídos apenas a 7 canções, resultando então numa maior expressão de votos nas canções favoritas desse mesmo júri.", salientou Christer Björkman, principal responsável pelo Festival.

Assim, por um lado, com este novo sistema de votações, o júri internacional será obrigado a pontuar dez canções, em vez de sete, assemelhando-se à votação praticada no Festival Eurovisão da Canção (ESC), com pontos de 1 a 7, 8, 10 e 12. Ao mesmo tempo, o público vai também passar atribuir mais pontuação, neste caso, com uma passagem para 638 em vez de 473. 

A Suécia estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1958 e já ganhou por seis vezes: em 1974, com ABBA e a canção "Waterloo", em 1984, com Herreys e a canção "Diggi-Loo Diggi-Ley”, em 1991, com Carola e a canção "Fångad av en stormvind", em 1999, com Charlotte Nilsson e a canção "Take Me To Your Heaven", em 2012, com Loreen e a canção "Euphoria", e em 2015, com Mans Zelmerlöw e a canção “Heroes”. Em 2017, o país foi representado por Robin Bengtsson e a canção “I Can’t Go On ”, alcançando o 5º lugar na final com um total de 344 pontos.

Relembre 'I Can't Go On':



Fonte: Eurovoix/ Imagem: Wiwibloggs/ Vídeo: Eurovision.tv



Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.